Publicado em 27 de julho de 2015

Rio das Ostras integra projeto internacional “Cidade Inteligente”

Foto: Jorge Ronald
Somente 10 cidades foram escolhidas no Brasil para integrar o projeto e o Município é o único representante do Estado do Rio de Janeiro nessa lista

Rio das Ostras está entre os 31 municípios do mundo que vão integrar o projeto de “Cidade Inteligente e Humana”. Somente 10 cidades foram escolhidas no Brasil e o Município é o único representante do Estado do Rio de Janeiro nessa lista. Os selecionados receberão recursos para o desenvolvimento de projetos em áreas como Mobilidade Urbana, Saneamento e Ambiente.

No País, a iniciativa é desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Computação em parceria com a Comunidade Econômica Europeia (CEE), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Mcti) e Frente Nacional de Prefeitos.

Além de Rio das Ostras, no Brasil foram credenciados pela União Europeia e pelo Banco Mundial os municípios de Vitória (ES), Taquaritinga (SP), Recife (PE), Olinda (PE), Paulista (PE), Anápolis (GO), Colinas de Tocantis (TO), Brasília (DF) e Porto Alegre (RS).

SUSTENTABILIDADE - A implantação da chamada “Cidade Inteligente e Humana” cria um ecossistema participativo e acessível de inovação urbana, possibilitando à Administração Pública, cidadãos e associações locais trabalharem todos juntos.

Para o presidente da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas, Andre Gomyde, o objetivo do projeto é criar práticas que forneçam um estilo de vida sustentável e promovam a troca de experiências em inovação em toda a cidade. “Queremos pensar no futuro. Vamos incentivar uma gestão pública eficiente e eficaz, que seja conectada com o cidadão”, explica.

A secretária de Ciência e Tecnologia e Inovação de Rio das Ostras, Eronei Leite, destacou a importância da participação popular na moldagem do projeto do Município. “Este modelo permite ao governante manter uma relação de confiança e interação direta com a sociedade, recriando e despertando valores da comunidade como um todo, para o bem da Administração Pública e da própria sociedade”, enfatizou.

PODER PÚBLICO E UNIVERSIDADE - Desde setembro de 2014, Rio das Ostras faz parte da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas. O grupo foi oficialmente criado durante solenidade de assinatura da “Carta de Vitória”, na capital Vitória, uma espécie de protocolo de intenções que formaliza o compromisso das cidades com o desenvolvimento tecnológico e social.

A ideia ao juntar o pensamento acadêmico da universidade com a política pública do Município busca elaborar uma estratégia voltada para a realização de um desenvolvimento sustentável para a cidade e seus cidadãos.

Em Rio das Ostras, o dinamizador do projeto será o Polo universitário da Universidade Federal Fluminense (UFF), por meio do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT).

Faça seu comentário





Rua Campo do Albacora, nº 75 - Loteamento Atlântica - (22) 2771-1515