Publicado em 10 de agosto 2017

Atleta 14 vezes campeã mundial é de Rio das Ostras

Departamento de Jornalismo - ASCOM

Foto: Mauricio Rocha
Vivien Vajda é a maior referência feminina de Jump Rope, o salto com corda, no mundo
Foto: Mauricio Rocha
A húngara-brasileira, que treina em Rio das Ostras, conquistou as três últimas medalhas mundiais no mês de julho, em Orlando

Ela é considerada a maior referência feminina no mundo no Jump Rope, conhecido no Brasil como Salto com Corda, tendo já conquistado 14 medalhas mundiais nesse esporte. Ela é a atleta Vivien Vajda, húngara-brasileira, moradora de Rio das Ostras, que acaba de conquistar as três últimas medalhas no mês de julho, em Orlando, no Mundial de Jump Rope, nas categorias velocidade sprint, velocidade resistência e estilo livre.

Para conseguir êxito nesse esporte, que é mais reconhecido na Europa, na Ásia e nos Estados Unidos, a rotina diária de treinamento de Vivien é bem desgastante. Treinada por seu pai, o húngaro Laslo Vajda, um importante nome da patinação no gelo no país europeu, e tendo sua mãe, a brasileira Elisângela, como coreógrafa, a atleta dedica no mínimo três horas diárias, de segunda a sexta-feira, para aperfeiçoamento em treinamentos no Ginásio Poliesportivo Benedito Zarour.

Além de ceder o espaço, a Prefeitura de Rio das Ostras disponibiliza um médico ortopedista, lotado na Subsecretaria de Esporte e Lazer, para o seu atendimento. “É muito bom treinar aqui em Rio das Ostras porque me sinto em casa. O ginásio tem um piso adequado, dentro da realidade brasileira, é claro, que me ajuda no treinamento. Em época de campeonato, o treinamento chega a ser de segunda a domingo, até quatro horas por dia”, explicou Vivien.

Além de disputar campeonatos, Vivien também faz apresentações especiais, como as realizadas durante as Olimpíadas de Londres, em 2012; e do Rio, em 2016; e ministra palestras e workshops em diversos países do mundo. Para se ter ideia, ela fará um workshop no mês de outubro na Bélgica que já conta com mais de duas mil pessoas inscritas.

O apoio e a valorização na Europa e em outros países não foram suficientes para que Vivien deixasse de lado o sonho de competir pelo Brasil, o que faz desde 2011. O caso de amor com Rio das Ostras já acontece há mais de 15 anos, quando os pais conheceram a Cidade. “Uma amiga nossa nos indicou este paraíso. Ficamos encantados com a natureza daqui. Compramos uma casa, passamos as tirar as férias em Rio das Ostras. Depois que a Vivien se formou no Ensino Médio, viemos para cá”, explicou sua mãe Elisângela.

Faça seu comentário




Rua Campo do Albacora, nº 75 - Loteamento Atlântica - (22) 2771-1515