Publicado em 11 de janeiro 2018

Agricultores de Rio das Ostras recebem recursos

Departamento de Jornalismo - ASCOM

Jorge Ronald
Frederico Pessanha terá projeto de minhocário e estufa para aumentar sua produção de mudas de nativas
Jorge Ronald
Ademilson e seu pai Genilson Cabrera são apicultores e sonham com entreposto para processamento do mel

Agricultores familiares da região de Cantagalo, em Rio das Ostras, começaram o ano com uma boa notícia. Os recursos do Programa Rio Rural para desenvolvimento de projetos nas áreas de agricultura e pecuária no município já estão sendo liberados. Cerca de 30 agricultores já foram beneficiados. O Programa tem parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, e os projetos são executados através da Emater-Rio das Ostras.

De acordo com o supervisor local da Emater, Frederico Muzy, o Programa Rio Rural divide o município em microbacias. Em Rio das Ostras, o Rio Jundiá abastece algumas localidades, especialmente Cantagalo.

“Os recursos recebidos pelos agricultores familiares serão trabalhados em dois projetos para cada um, sendo um ambiental e outro produtivo sustentável”, explicou.

As expectativas são grandes entre os produtores rurais. Com um ofício que ultrapassa gerações, Genilson Coelho Cabrera, de 60 anos, trabalha com apicultura, produção de mel. Ele terá recursos para o kit apicultura e o kit de adubação verde.

“Hoje trabalho com meu filho e com esse recurso pretendo ampliar cada vez mais as caixas de abelhas para o manejo. Atualmente, temos 130 caixas, mas a intenção é chegar a 200 até o fim do ano”, destacou o apicultor.

Para seu filho Ademilson Barcelos Cabrera, a ajuda da Emater é fundamental, pois vai ampliar sua experiência quanto à produção. “Futuramente, temos o projeto de um entreposto para processar o mel e também levar para as escolas um outro para que as crianças conheçam o manejo das abelhas e processamento do produto”, acrescentou.

Ainda segundo Frederico Muzy, o projeto mais acessado pelos produtores em Rio das Ostras foi para os Kits Galinha Caipira.

TRABALHO PERMANENTE – O secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Rio das Ostras, Ivan Noé Antunes, destaca que a secretaria realiza um trabalho permanente de assistência técnica e máquinas agrícolas junto aos produtores rurais. Esse maquinário chegou ao município por meio de um termo de cooperação técnica assinado com a Emater-Rio em 2017.

“Com esses recursos que conseguimos do Governo do Estado, vamos melhorar a vida de nossos agricultores familiares, aumentar a produção, gerando mais empregos e ampliando também a oferta de produtos de qualidade em nossa cidade”, ressaltou.

O produtor Frederico Pessanha de Almeida também está muito feliz com os recursos recebidos. Ele trabalha com produção de queijos e hortaliças orgânicas, e a verba será para projeto de compostagem (minhocário) e para montagem de estufa para produção de mudas de nativas.

Para Frederico, esse incentivo é de suma importância para todos os agricultores da região. “Como agricultor familiar, sem esse recurso não teria como bancar todo o trabalho que pretendo realizar. Por isso, pedi o projeto da estufa. Também quero me especializar no plantio de tomate orgânico, pois faço feiras e muitos restaurantes estão começando a me procurar. Preciso aumentar a produção porque isso agrega muito valor”, completou o produtor, que faz curso de irrigação e é certificado pela ABIO – Associação dos Agricultores Biológicos do Estado do Rio de Janeiro.

PROGRAMA RIO RURAL - O programa que beneficia produtores rurais busca alternativas sustentáveis de desenvolvimento, tendo como referência de planejamento e de intervenção as microbacias hidrográficas, investindo na recuperação da qualidade da água, conservação do solo, recomposição da cobertura vegetal, infraestrutura e saneamento rural. Entre os projetos oferecidos tem adubação verde, proteção de nascentes, entre outros.

Faça seu comentário




Rua Campo do Albacora, nº 75 - Loteamento Atlântica - (22) 2771-1515