Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Centro Municipal de Inclusão Digital realiza formatura

  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    A cerimônia reuniu 200 formandos do Centro Municipal de Inclusão Digital
  • Foto: Gabriel Sales,
    Descrição da foto
    Na formatura, teve a apresentação de solistas do espetáculo O Baile da Corte
  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    O adolescente Marcelo Santos, de 12 anos, destaca a experiência como monitor
  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    O público lotou o Teatro Popular nesta segunda
  • Foto: Gabirel Sales
    Descrição da foto
    Para a secretária de Bem-Estar Social, Eliara Fialho, o trabalho que o CMID realiza é fundamental
Publicada em: 3 de dezembro de 2019 - 11h32 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
A cerimônia reuniu 200 formandos do Centro Municipal de Inclusão Digital Foto: Gabriel Sales
Na formatura, teve a apresentação de solistas do espetáculo O Baile da Corte Foto: Gabriel Sales,
O adolescente Marcelo Santos, de 12 anos, destaca a experiência como monitor Foto: Gabriel Sales
O público lotou o Teatro Popular nesta segunda Foto: Gabriel Sales
Para a secretária de Bem-Estar Social, Eliara Fialho, o trabalho que o CMID realiza é fundamental Foto: Gabirel Sales

Uma noite de emoção e agradecimentos. Nesta segunda-feira, dia 2 de dezembro, foi realizada a formatura de 200 alunos do Centro Municipal de Inclusão Digital (CMID) de Rio das Ostras, no Teatro Popular, em Extensão Novo Rio das Ostras.

Os formandos eram compostos por adolescentes, jovens e idosos. Os cursos oferecidos pelo CMID têm como estratégia a inclusão dos moradores de Rio das Ostras por intermédio da inclusão digital.

Na formatura, também houve a apresentação de solistas do espetáculo “O Baile da Corte”, do Centro de Formação Artística de Música, Dança e Teatro.

Para a secretária de Bem-Estar Social, Eliara Fialho, o trabalho que o CMID realiza é fundamental porque enxerga a comunidade fazendo a inclusão humanizada. “Não existe idade para ensinar e para aprender. Temos na formatura duas gerações que se complementam”, destacou.

“A inclusão digital é uma necessidade para a população de nossa Cidade. Vivemos na era digital e ver jovens da Cidade contribuindo nesse momento é de extrema importância para o desenvolvimento de Rio das Ostras”, completou a subsecretária Pedagógica de Educação, Valéria Bragança.

VOLUNTÁRIOS – Muitos alunos do Centro Municipal de Inclusão Digital se tornaram professores voluntários do CMID. “Fui aluno do Centro e hoje estou me formando. Ser voluntário foi uma experiência muito gratificante. Quero ajudar as pessoas de mais idade na inclusão digital”, explicou Marcelo Santos Conceição, de apenas12 anos.

O Centro Municipal de Inclusão Digital é uma parceria da Secretarias de Educação, Gestão Pública e Bem-Estar Social do Município. Está localizado na Rua da Assembleia, s/n°, São Cristóvão e funciona de segunda a sexta, sempre das 8h às 17h.

Pesquisa no Portal