Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Conselheiros Municipais tomam posse em Rio das Ostras

  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    Presidente do CMDCA, Giselly Leão, falou que o ano será difícil e que é preciso fortalecer o trabalho do Conselho
  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    Membros do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente
  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    Membros do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Publicada em: 11 de Março de 2019 - 17h39 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM

Na manhã desta segunda-feira, dia 11, foi realizada a solenidade de posse de Conselheiros Municipais de Rio das Ostras, que agora representam os Conselhos Municipais dos Direitos da Pessoa com Deficiência – COMDEF e dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA. A cerimônia aconteceu no auditório da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer.

O COMDEF é composto por 14 membros e o CMDCA por 10, divididos igualmente por pessoas que fazem parte do Governo Municipal e de Entidades Não-Governamentais, além do mesmo número de suplentes. O prefeito de Rio das Ostras, Marcelino Borba, esteve presente e destacou a importância de ter os conselheiros mais perto da Administração Municipal para propor ações e ajudar na formação de políticas públicas que fortaleçam o trabalho direcionado para estes públicos em questão.

“Essa é a hora de mudar Rio das Ostras e o fortalecimento e a participação dos Conselhos nessa mudança são muito importantes, pois, nossa prioridade é investir no ser humano. Vamos descentralizar alguns setores para criar oportunidades e dar dignidade para as pessoas com deficiência e também para crianças e adolescentes, investir nas instituições e chamar as empresas para a responsabilidade social”, destacou o prefeito.

Isabel Cristina Melo do Nascimento, eleita conselheira dos Direitos da Pessoa com Deficiência, representando entidade não-governamental, ressaltou que este é um momento muito especial. “A luta foi grande para chegarmos até aqui. A visibilidade de nós que acompanhamos essa causa é que a Administração Pública tem hoje uma vontade real de fazer acontecer e dar espaço a pessoa com deficiência. Só temos a agradecer e dizer que estamos dispostos a trabalhar e somar com esse movimento tão promissor para nós e todo o Município”, acrescentou.

A secretária de Bem-Estar Social, Eliara Fialho, também esteve presente e pontuou sobre a relevância do trabalho a ser realizado pelo COMDEF, que foi criado, especialmente, nessa atual gestão. Ela destacou ainda importância da coletividade nesse momento.

“Estamos dando início a um importante trabalho e esperamos que seja forte, participativo e democrático. Enquanto gestores, precisamos traçar políticas públicas, ações e pensarmos juntos em alternativas que garantam os direitos da comunidade. Por isso, antes de tudo é preciso que seja um trabalho harmonioso, de união dos conselheiros para propósitos mais efetivos”, completou.

TRANSIÇÃO – Já o Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente passou por uma transição, também com representantes do Governo e de Entidades Não-Governamentais. A nova presidente do CMDCA, Giselly Leão de Oliveira ressaltou que está sendo firmado um novo tempo para este Conselho e que é hora de se fortalecer.

“Estamos em um momento muito fragilizado e ainda temos pela frente a eleição do Conselho Tutelar. Nosso papel é de fiscalizar, deliberar e precisamos nos apropriar das atribuições de conselheiros para realizarmos um trabalho de qualidade e eficaz em prol da criança e do adolescente. Mas nós somos um colegiado e temos força para seguirmos nessa missão”, finalizou.

Além dos novos conselheiros municipais, também estiveram presentes na solenidade, a procuradora-geral do Município, Drª Lívia Chelles de Bonifácio e o vereador Wagner Albuquerque.

Presidente do CMDCA, Giselly Leão, falou que o ano será difícil e que é preciso fortalecer o trabalho do Conselho Foto: Gabriel Sales
Membros do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente Foto: Gabriel Sales
Membros do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência Foto: Gabriel Sales

Pesquisa no Portal