Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Conselho de Educação ajuda a planejar retorno das aulas

  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    A volta às aulas começa a ser planejada
Publicada em: 2 de julho de 2020 - 17h48 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
A volta às aulas começa a ser planejada Foto: Gabriel Sales

O Conselho Municipal de Educação (CME) de Rio das Ostras tem atuado durante o período de pandemia do coronavírus (Covid-19). Uma das ações iniciadas é a elaboração de um plano gradual de retomada das aulas presenciais da Rede Municipal de Ensino, que ainda não tem data definida. Para realizar esse trabalho, os conselheiros utilizam documentos emitidos pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), entre outros, e de Órgãos de Saúde que permitem mensurar os riscos para a saúde, tanto dos alunos quanto dos profissionais.

“Os novos conselheiros já estão se reunindo e tomando providências com relação a oferta de educação não presencial durante o período da pandemia. Temos feito vários encaminhamos a respeito do planejamento das escolas com relação às atividades complementares. E, somente após pronunciamento do CNE, das Diretrizes do Ministério da Educação e de Órgãos de Saúde, poderemos estabelecer data, especificando como e quando será esse retorno das aulas presenciais”, explicou Augusta Barreto, suplente da presidência do Conselho Municipal.

COMISSÃO COMPOSTA POR TÉCNICOS – De acordo com o secretário de Educação, Esporte e Lazer, Maurício Henriques, para definir o plano de retomada gradual das aulas, além de considerarem as contribuições do CME, será formada uma comissão composta por técnicos das secretarias de Educação e Saúde, da Vigilância Epidemiológica e membros da sociedade.

O retorno às aulas presenciais só acontecerá quando o CME e os integrantes da comissão entenderem que será seguro para todos os envolvidos, conforme reforçou o secretário de Educação. “Precisamos começar a projetar essa volta, adequando a estrutura das escolas quanto à biossegurança e à formação de professores para que trabalhem cada vez melhor com a tecnologia. Também a equipe escolar será capacitada para o acolhimento dos alunos e responsáveis. O importante é buscar soluções para as demandas que possam aparecer no Sistema Municipal de Ensino”, afirmou.

É importante destacar que o Sistema Municipal de Ensino abrange toda a rede municipal de Educação Pública e a rede privada de Educação Infantil, que também participa dessas discussões.

PROTOCOLOS DE RETORNOS ÀS AULAS – Técnicos da Secretaria de Educação de Rio das Ostras participaram de videoconferência da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) na tarde da quarta-feira, dia 1º. Com o encontro virtual, os profissionais puderam entender quais protocolos pedagógicos/ cognitivos e socioemocionais são imprescindíveis para a elaboração do plano de retorno às aulas.

Os conferencistas foram Eduardo André de Brito Celino, do Ministério da Educação; Luiz Miguel Martins Garcia, presidente da Undime e dirigente municipal de Educação de Sud Mennucci, em São Paulo; e Cecília Motta, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e secretária de Educação de Mato Grosso do Sul.

“O foco é pensar a realidade de cada município, que precisa ter o seu próprio protocolo, com ferramentas específicas. A criação de uma comissão municipal, coordenada pela secretaria de Educação e com o apoio das secretarias municipais de Saúde, Assistência Social e comissões escolares é fundamental para atingir às especificidades que aparecerão neste retorno”, destacou o presidente da Undime.

 

Pesquisa no Portal