Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Curso gratuito orienta sobre produção de derivados de leite

  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    Produtores rurais de Cantagalo aprenderam a fazer diferentes tipois de queijos e outros derivados do leite durante curso
  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    Cursistas também aprenderam sobre higiene pessoal e cuidados com utensílios e equipamentos usados
  • Foto: Gabriel Sales
    Descrição da foto
    Entre as variedades de queijos que os produtores aprenderam a fazer estava o minas com recheio de goiabada
Publicada em: 12 de Abril de 2019 - 14h25 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
Produtores rurais de Cantagalo aprenderam a fazer diferentes tipois de queijos e outros derivados do leite durante curso Foto: Gabriel Sales
Cursistas também aprenderam sobre higiene pessoal e cuidados com utensílios e equipamentos usados Foto: Gabriel Sales
Entre as variedades de queijos que os produtores aprenderam a fazer estava o minas com recheio de goiabada Foto: Gabriel Sales

Um grupo de 15 moradores de Cantagalo, zona rural de Rio das Ostras, está participando do Curso de Produção de Derivados de Leite – boas práticas de fabricação. Com 24 horas de duração, a qualificação acontece em três encontros, o último deles marcado para o dia 24 de abril, nos quais os cursistas aprendem a fazer diferentes tipos de queijo, do minas padrão ao cottage, requeijão, bebida láctea, manteiga e até sorvete.

O curso gratuito é uma parceria do Departamento Agropecuário da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca da Cidade com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RJ) e o Sindicato Rural de Casimiro de Abreu e Rio das Ostras. Essa mesma parceria vai beneficiar os produtores da Cidade também com os cursos de criação de aves de corte e postura, que acontecem, respectivamente, entre os dias 6 e 8 de maio e 13 e 15 de maio.

Ministrado pela instrutora Beatriz Miranda, o curso não se limita a ensinar receitas e orienta sobre os cuidados necessários com a higiene pessoal e dos utensílios e equipamentos usados na fabricação dos derivados de leite. “As boas práticas de fabricação agregam valor ao produto comercializado. Por isso explicamos sobre normas de conservação, transporte e prazo de validade”, informa Beatriz.

Queijos minas nas variedades padrão, frescal, temperado e recheado com goiabada, ricota e cottage, bebida láctea, iogurte, requeijão, manteiga, doce de leite e sorvete.  Os derivados de leite ensinados nos cursos são muitos e todos saborosos. E o melhor é que vão garantir a geração de renda para os participantes, possibilitando ampliar e diversificar produtos.

“Já sou fabricante de queijos e, com o curso, estou aprendendo as melhores técnicas de armazenar meus produtos e ainda tendo mais informações sobre prazos de validade. Sem falar na questão do aproveitamento integral do leite. Antes jogava fora o soro e agora pretendo usá-lo para bebida láctea e queijo ricota”, conta o produtor orgânico Frederico Pessanha.

Na Feira do Produtor Rural realizada aos sábados, no Centro de Rio das Ostras, Sandra Bandeira já comercializa frango e ovos caipiras. Com o curso ministrado pela Senar, quer diversificar ainda mais a oferta de produtos. “Como muitas pessoas já vendem queijo minas na feira, pretendo oferecer outras receitas que aprendi aqui, como o requeijão e o queijo cottage”, planeja.

Pesquisa no Portal