Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Festival injeta mais de 7 milhões na economia da Cidade

  • Foto: Matheus Müller
    Descrição da foto
    O evento movimentou a economia de Rio das Ostras
  • Foto: Matheus Müller
    Descrição da foto
    A pesquisa foi realizada com a plateia durante o Festival
Publicada em: 23 de junho de 2022 - 13h39 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM

Grande sucesso de público, a 18ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival também movimentou a economia da Cidade. Durante os quatro dias do evento (16 a 19 de junho), de acordo com pesquisa aplicada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, o público injetou R$ 7,14 milhões de reais no Município. Hotéis e pousadas locais tiveram 81% de ocupação nesse período.

A pesquisa, realizada com a plateia durante o Festival, apontou que 47% do público têm faixa de renda de quatro a 10 salários mínimos e 21,5%, entre 10 e 20 salários mínimos. A faixa de escolaridade foi de 57% de pessoas com ensino superior (completo e incompleto), 23% com especialização / mestrado / doutorado e 20% com ensino fundamental /médio.

Com relação à origem da plateia, a maioria é do estado do Rio de Janeiro (82,5%) e, em seguida, turistas de Minas, Espírito Santo e São Paulo. Grande parte do público usou carro próprio como meio de transporte (75%) até o evento, sendo que 21,5% das pessoas utilizaram ônibus regular.

Aqueles que fizeram a sua estreia no Festival representam 65% do público, sendo que 11% visitaram pela primeira vez Rio das Ostras. Participar do evento foi a motivação da presença de 78% da plateia na Cidade. Desses visitantes, 96% pretende voltar ao Município no período de um ano.

IDADE E MEIO DE HOSPEDAGEM – Entre outros dados apontados pela pesquisa está a faixa etária da plateia, sendo 27% entre 36 e 45 anos; 23% entre 46 e 55 anos; 20,5% entre 26 e 35 anos; 17% entre 56 e 64 anos; 7% entre 18 e 25 anos e 5,5% com mais de 65 anos.

A maioria dos participantes (49%) se hospedou na casa de amigos / parentes, 22% do público ficou em hotel e pousada, 14% em casa alugada / AirBnb, outros 14% em casa própria (veraneio) e 1% em campings.

O público feminino foi de 59%, seguido por 41% de público masculino. Já o estado civil dos participantes era composto de 45% de casados / união estável, 42% de solteiros, 10,5% de divorciados e 2,5% de viúvos.

Entre os pontos altos destacados pelo o público no Festival estão a organização e, na sequência, os palcos / estruturas e os shows / bandas e artistas participantes. Já entre os itens que menos agradaram no evento foram citados a falta de limpeza dos banheiros, a alimentação vendida no local e a dificuldade com o estacionamento, entre outros.

O evento movimentou a economia de Rio das Ostras Foto: Matheus Müller
A pesquisa foi realizada com a plateia durante o Festival Foto: Matheus Müller

 

Pesquisa no Portal