Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado
  • Você está em

  • Página inicial
  • Notícias
  • Servidores
  • Instituto de Previdência de Rio das Ostras é o único superavitário do Estado

Instituto de Previdência de Rio das Ostras é o único superavitário do Estado

  • Foto: Ascomti
    Descrição da foto
    OstrasPrev é o único RPPS superavitário do Estado do Rio -
Publicada em: 13 de Janeiro de 2021 - 11h50 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM

Os servidores municipais de Rio das Ostras podem comemorar. Foram os únicos do Estado que não tiveram aumento na alíquota de contribuição para a previdência.

O Rio das Ostras Previdência – OstrasPrev – é o único Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), dentre os 79 do Estado, que está em situação de não possuir déficit atuarial a amortizar e, por isso, não precisou aumentar a contribuição dos servidores, que pela reforma da Previdência, deveria passar de 11% para 14%. “Não temos déficit atuarial a amortizar, por isso não há necessidade de aumento da alíquota”, explicou o diretor de investimentos do OstrasPrev, Leonardo Rosa.

Este é o resultado de uma gestão transparente e eficiente, que tem dado destaque à autarquia entre os regimes próprios de previdência de todo país. O Brasil tem cerca de 2300 RPPS e apenas cerca de 30 estão na mesma situação de Rio das Ostras. Hoje, o patrimônio líquido do Instituto está próximo de R$ 600 milhões. “Fazemos um trabalho sério, junto aos conselhos fiscal e de previdência, onde estão os representantes dos servidores. Nosso foco é garantir a sustentabilidade dos recursos financeiros e os benefícios previdenciários aos segurados e seus dependentes”, disse Leonardo.

Transparência – O OstrasPrev também mantém um canal de informação fácil e atualizado para que qualquer servidor tenha acesso. O site https://ostrasprev.rj.gov.br/ é alimentado com os relatórios de investimentos, as atas das reuniões e todo tipo de informação para manter os servidores por dentro do trabalho que é feito.

A reforma da Previdência aprovada pelo Congresso em novembro de 2019 atingiu diretamente os servidores federais, estaduais e municipais, obrigando os entes a aumentar o percentual da alíquota mínima dos servidores de 11% para 14%. Os regimes superavitários, como o de Rio das Ostras, continuaram com a contribuição de 11% em 2020.

OstrasPrev é o único RPPS superavitário do Estado do Rio – Foto: Ascomti

Pesquisa no Portal