Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Programa Saúde do Idoso promove Arraiá online em Rio das Ostras

  • Foto: Divulgação
    Descrição da foto
    Maria Marinalva também é outra participante do evento virtual dessa semana
  • Foto: Divulgação
    Descrição da foto
    Joel Ivan é marido de Maria Marinalva e vestiu a caráter para a festa junina
  • Foto: Divulgação
    Descrição da foto
    Maria Abgail entra no clima e diz que não perde um dia do Arraiá do Idoso
Publicada em: 25 de junho de 2020 - 18h35 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
Maria Marinalva também é outra participante do evento virtual dessa semana Foto: Divulgação
Joel Ivan é marido de Maria Marinalva e vestiu a caráter para a festa junina Foto: Divulgação
Maria Abgail entra no clima e diz que não perde um dia do Arraiá do Idoso Foto: Divulgação

Durante esta semana, todas as manhãs têm sido de muita diversão para participantes do Programa Saúde do Idoso de Rio das Ostras. Até sexta-feira, dia 26, acontece um Arraiá pra lá de animado por meio do grupo de whatsapp “Saúde do Idoso: cuidados na quarentena”, que foi criado no final do mês de março, e vem contribuindo de forma positiva neste período de pandemia para os idosos.

Atualmente, o grupo integra mais de 100 participantes e, nas manhãs de segunda a sexta-feira, são realizadas rodas de conversa coordenadas por uma equipe de profissionais das áreas de fisioterapia, nutrição, psicologia, serviço social e terapia ocupacional, que resolveu promover o “Arraiá do Idoso” esta semana, sendo um evento que proporciona uma oportunidade de comemorar a tradicional Festa Junina, com tudo o que tem direito: quadrilha, receitas de comidas típicas, contação de história, correio do amor, bingo, sorteio e várias outras atividades.

Maria Abgail Cruz de Melo, de 75 anos, contou que sempre gostou muito de participar de festas juninas, dançar quadrilha e que não está perdendo um dia do Arraiá do Idoso. “Mesmo estando em casa, eu participo de tudo. Está sendo maravilhoso e as profissionais da Saúde estão de parabéns. Nem sinto que estou em quarentena, mas sei que isso tudo vai passar”, comentou.

E quem disse que só moradores de Rio das Ostras estão curtindo esse Arraiá? Tem gente até de outro Estado participando, como a Zuleide Josefa Silva, de 61 anos, que mora no Recife. Ela disse que está radiante com a programação e que acorda todos os dias pensando no grupo.

“Está sendo muito importante para minha saúde. Gosto das brincadeiras, de cantar, da ginástica, das dicas de respiração e alimentação, pois tudo isso tem valor para mim. As profissionais são muito dedicadas e amorosas e foi uma rica oportunidade me deixarem participar desse momento. Aqui em Recife não tem esse tipo de atendimento. Fiz amigos no grupo e agradeço muito o carinho de todos”, destacou Zuleide, que é irmã de Zivaneide, que mora em Rio das Ostras e participa do programa.

ATIVIDADES ONLINE – Como forma de proteção e redução do ritmo de propagação do coronavírus, desde março, as atividades coletivas presenciais destinadas aos idosos foram suspensas, pois são considerados grupo de risco. Então, diante do desafio de disponibilizar modos de cuidado alternativos, a equipe do Programa Saúde do Idoso criou o Grupo de WhatsApp “Saúde do Idoso: cuidados na quarentena”.

Segundo a coordenadora do Programa, Ana Lúcia Couto, nada se compara ao encontro presencial e que a alternativa tecnológica é de difícil manejo para muitos idosos. Entretanto, no cenário atual, esta ferramenta se tornou a via privilegiada para o cuidado remoto e é possível avaliar os benefícios desta ação.  Ela ressaltou que o Grupo já faz parte do dia a dia de muitos idosos e vem promovendo a manutenção dos vínculos entre profissionais e usuários, o senso de conexão entre os integrantes e a consequente sensação de pertencimento a uma coletividade.

“Essas condições auxiliam a cruzar esse momento crítico e o Grupo possibilita ainda a identificação de demandas individuais, facilitando estratégias de acolhimento e orientação. A partir de julho, vamos trazer mais novidades.  Além das rodas de conversa, será oferecido o Plantão como resposta a uma demanda cada vez maior por atenção individualizada”, completou Ana Lúcia.

Para Márcia de Fátima A. P. Miranda, 62 anos, esse acompanhamento é muito importante e que esta semana junina está sendo muito proveitosa. “Gosto muito das brincadeiras. É uma forma diferente de participar, mas também é divertido. Só de ouvir a voz dos amigos do grupo fico feliz. Hoje foi dia de bingo, não ganhei, mas obtive experiência para outras oportunidades”, concluiu Márcia.

Pesquisa no Portal