Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Resolução orienta trabalho dos professores em sistema home office

  • Foto: Divulgação
    Descrição da foto
    Atividades desenvolvidas pelos professores são postadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem das escolas
Publicada em: 3 de junho de 2020 - 18h12 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
Atividades desenvolvidas pelos professores são postadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem das escolas Foto: Divulgação

A Secretaria de Educação de Rio das Ostras instituiu um Plano de Ações Estratégicas de Organização do Trabalho Pedagógico da Rede Municipal de Ensino. Publicada na edição 1182 do Jornal Oficial, a Resolução nº 39/2020 detalha o Plano de Ações, orienta sobre como deve ser o atendimento educacional dos professores em regime home office e faz outros esclarecimentos sobre o período de suspensão das atividades escolares presenciais.

Realizado desde 30 de março como forma de prevenção à pandemia do Covid-19, o trabalho home office dos professores inclui diferentes ações: planejamento; produção das atividades e materiais didáticos; acompanhamento das tarefas realizadas pelos alunos; reuniões pedagógicas online; estudos autônomos e pesquisa; formação continuada; colaboração nas plataformas, sites e outras ferramentas digitais.

A Resolução esclarece que as atividades docentes em regime home office devem atender à carga horária semanal definida para o cargo. Esse trabalho é acompanhado e gerenciado pelo diretor de cada escola, sob orientação da Secretaria de Educação. Compete à Subsecretaria Pedagógica coordenar e orientar as unidades de ensino, assegurando assim o desenvolvimento de objetivos de aprendizagem e habilidades dos alunos previstas no Referencial Curricular de Rio das Ostras (Recro).

PLANO DE AÇÕES – Entre as deliberações do Plano de Ações Estratégicas de Organização do Trabalho Pedagógico da Rede Municipal de Ensino ficou decidido que as atividades não presenciais para os alunos podem ser mediadas ou não por tecnologias digitais. Os professores devem empregar, de forma combinada ou isoladamente, as seguintes ferramentas: videoaulas; conteúdos organizados em plataformas virtuais de aprendizagem, redes sociais, blogs ou similares; material didático impresso com orientações aos alunos; leituras, projetos e pesquisas; atividades de verificação de aprendizagem, entre outras.

No documento foi lembrado que cada Unidade de Ensino possui o próprio Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) integrado à plataforma gerenciada pela Secretaria de Educação. Alunos e/ ou responsáveis, ao ingressar no AVA, têm acesso aos materiais de estudo e atividades elaborados pelos professores para cada turma e disciplina, entre outros recursos pedagógicos. Os estudantes sem acesso à internet recebem todo o conteúdo impresso, com retirada na escola em dia e horário agendados pela direção.

Foi definido pelo Plano de Ações como deverá ser o material pedagógico para cada ano de escolaridade, da Educação Infantil aos Anos Finais do Ensino Fundamental, sem esquecer também os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Especial, com orientações específicas às famílias.

ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS – Na Resolução, a Secretaria de Educação lembrou que é responsabilidade dos diretores das Unidades Escolares realizar o acompanhamento dos alunos, orientar o trabalho em regime home office dos professores e garantir produção dos materiais de estudo. Para isso, o gestor precisa desenvolver uma série de ações, entre essas promover reuniões online com a sua equipe docente e acompanhar, juntamente com o Professor Orientador (PO), o processo de planejamento, construção e organização dos materiais de estudo.

Devido à excepcionalidade enfrentada pelos Sistemas de Ensino do País, a Secretaria de Educação de Rio das Ostras, em ação conjunta com o Conselho Municipal de Educação, poderá solicitar a validação de atividades de ensino não presenciais como horas letivas. Alunos e responsáveis estão sendo informados que a participação e a aprendizagem serão avaliadas também a partir da realização das atividades diagnósticas entregues (por meio digital ou físico) durante o período de suspensão das aulas.

A Resolução definiu ainda que a elaboração de novo Calendário Escolar será realizada ao término do período de suspensão das aulas presenciais, em articulação com os órgãos que compõem o Sistema Municipal de Ensino. Para ter acesso à integra do documento, basta acessar o link https://www.riodasostras.rj.gov.br/wp-content/uploads/2020/05/1182.pdf.

Pesquisa no Portal