Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado

Sou Cultura em Casa tem programação neste final de semana

  • Foto: Divulgação
    Descrição da foto
    A trancista Fernanda Coelho fará oficinas de Tranças e Penteados.
  • Foto: Divulgação
    Descrição da foto
    A cantora Thati Dias fará apresentações musicais nos três dias.
Publicada em: 7 de Abril de 2021 - 12h39 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
A trancista Fernanda Coelho fará oficinas de Tranças e Penteados. Foto: Divulgação
A cantora Thati Dias fará apresentações musicais nos três dias. Foto: Divulgação

Artistas têm até o dia 15 de abril para inscrever seus vídeos

Que gosta de Arte e Cultura já tem um excelente programa para o próximo final de semana e nem vai precisar sair de casa! A partir desta sexta-feira, dia 9 , começam as exibições dos vídeos inscritos no Projeto Sou Cultura em Casa 2, da Fundação Rio das Ostras de Cultura.

As apresentações acontecem sempre em dois horários: 19h e 19h30 e estarão disponíveis no https://www.facebook.com/frcriodasostras1997 . Neste final de semana estão confirmadas oficinas de trança afro com Fernanda Coelho e apresentação musical com Thati Dias.

TRANÇA – A trancista Fernanda Coelho fará oficinas de Tranças e Penteados. Na sexta, 9, às 19h, é oficina de Trança Nagô Simples. No sábado, 10, Trança Nagô Alimentada. E no domingo, 11, Penteados Rápidos. Sempre às 19h.

MÚSICA – A cantora Thati Dias fará apresentações musicais nos três dias. Na sexta, 9, Fragmentos Mulher-Eu (parte 1). No sábado, 10, Fragmentos Mulher-Eu (parte 2). E no domingo, 11, Afrobrasil. Sempre às 19h30.

INSCRIÇÃO – Os artistas interessados têm até o dia 15 de abril ou até que se completem o total de 90 (noventa) vídeos para fazer suas inscrições no próprio site da Fundação.

Cada artista pode inscrever até três vídeos, recebendo um cachê de R$ 148 por vídeo, com duração mínima de 30 minutos e máxima de 60 minutos. É necessário que o participante more ou atue em Rio das Ostras há pelo menos um ano.

Os vídeos devem ser gravados na horizontal e no formato MP4 com condições de reprodução aceitáveis, sendo descartados materiais com áudio ou imagem muito prejudicados que impossibilitem sua reprodução.

Para a presidente da Fundação de Cultura, Cristiane Regis, o projeto visa dar uma oportunidade aos artistas de aumentar a fonte de renda neste período de pandemia e medidas restritivas para evitar o contágio e a transmissão do Covid-19.

“A nossa proposta é valorizar e incentivar a produção cultural por meio de financiamento público às propostas culturais de artistas locais, Além disso, estimular o desenvolvimento e o aprimoramento de produções; aproximar os artistas da Cidade do público local; e garantir à população acesso à Cultura nesse período em que ainda é necessário o isolamento social e a quarentena”, declarou.

Pesquisa no Portal