Foto de uma família curtindo a Praia Boca da Barra num dia ensolarado
  • Você está em

  • Página inicial
  • Notícias
  • Segurança Pública
  • Guarda Civil Municipal
  • Município prepara guardas civis femininas com Curso de Introdução à Defesa Pessoal

Município prepara guardas civis femininas com Curso de Introdução à Defesa Pessoal

  • Foto: Mauricio Rocha
    Descrição da foto
    Cerca de 15 agentes concluíram o curso Introdução a Defesa Pessoal Feminina
  • Foto: Mauricio Rocha
    Descrição da foto
    As GCMs aprenderam técnicas, estratégias e movimentos de defesa pessoal que são capazes de controlar agressores
Publicada em: 22 de novembro de 2021 - 09h04 Por: Departamento de Jornalismo - ASCOM
Cerca de 15 agentes concluíram o curso Introdução a Defesa Pessoal Feminina Foto: Mauricio Rocha
As GCMs aprenderam técnicas, estratégias e movimentos de defesa pessoal que são capazes de controlar agressores Foto: Mauricio Rocha

Objetivo é transmitir às agentes femininas técnicas simples, objetivas e práticas, com noções básicas contra possíveis agressões

A Secretaria de Segurança Pública do Município trabalha para que a Guarda Civil Municipal-GCM esteja sempre em formação continuada, preparada para atender e agir em qualquer ocorrência. Na quinta e sexta-feira, dias 18 e 19, as agentes femininas de Rio das Ostras e de cidades vizinhas como Armação dos Búzios, Macaé e Maricá participaram do curso “Introdução a Defesa Pessoal Feminina”, ministrado por instrutores da própria GCM de Rio das Ostras, que estão capacitados e aptos a transmitir o conhecimento adquirido. Aproximadamente 15 agentes concluíram o curso.

Na capacitação, as agentes aprenderam técnicas, estratégias e movimentos de defesa pessoal que são capazes de controlar agressores e que também aumentam as probabilidades de conseguir interromper uma ação criminosa. Elas puderam conhecer e manusear equipamentos de defesa pessoal como a Tonfa (bastão usado para ajudar na imobilização e defesa), caneta tática (um instrumento parecido com uma caneta que também é utilizado na defesa) e a lanterna tática.

O instrutor e coordenador do curso, GCM Carvalho, disse que a capacitação para as agentes femininas é uma forma de dar maior conhecimento para atuarem em situações de violência contra si e também na assertividade das ações em defesa do cidadão.

“Com as técnicas de manipulação e controle de agressores, as GCMs conseguem diminuir os danos e proporcionar maior segurança a elas mesmas e à população em geral. As técnicas e o contato com os instrumentos usados na defesa pessoal também são de grande valia no cotidiano da Guardas”, contou Carvalho.

Já a inspetora e responsável pela Patrulha Maria da Penha, Auristela Araújo, falou sobre a importância dessas capacitações para as guardas femininas atuarem nas ruas.

“Nós da Patrulha Maria da Penha, que atuamos diretamente em casos de violência doméstica, nos deparamos com situações que os agressores estão muito nervosos, e esse curso chega para nos dar maior conhecimento para até mesmo conter a violência contra as vítimas”, destacou Auristela Araújo.

 

 

Pesquisa no Portal